Uma nova comunidade em Marvila

Na quarta-feira fomos conhecer a nova comunidade que vai nascer em Marvila. A cidade começa a expandir o seu centro, ou melhor, a sua área de influência pelas margens do rio Tejo, e o caminho quase natural é este. As áreas antigas de Marcial, Beato etc com os seus armazéns possíveis de grandes obras. Foi muito interessante ver para além do plano de arquitectura que não somos experts, o conceito da comunidade presente nele.

Assim, a empresa de desenvolvimento imobiliário FFA Real Estate, de origem libanesa, vai investir 16 milhões de euros na criação do primeiro empreendimento Lisboeta projectado para a nova geração. PRATEATO instala-se em Marvila já em 2018, e tem assinatura da TEK STUDIO, um atelier de arquitectos portugueses.

Pista de jogging, soluções high tech, lavandaria self service, energia solar, horta comunitária e espaço coworking são apenas algumas das particularidades pensadas para este novo empreendimento que pretende promover a interação entre moradores e retomar o conceito de “comunidade”.

Rodeado pela atmosfera única dos antigos armazéns e fábricas lisboetas de Marvila, o novo condomínio PRATEATO inclui 51 Design Lofts e ainda áreas comerciais, ocupando quase 7.000 m2 de área bruta na Rua Pereira Henriques. PRATEATO privilegia o design característico desta zona industrial da cidade, potenciando-o através da tecnologia e da modernidade ideais para servir a nova geração de moradores que aqui está a chegar.

“Ficámos apaixonados por Lisboa desde o primeiro momento e temos já vários investimentos na cidade. Este projeto, em Marvila, é o primeiro de alguns investimentos que temos delineados para esta zona que, acreditamos, tem um potencial incrível, e onde começam a proliferar inúmeros conceitos ligados à tecnologia, ao design, ao empreendedorismo e à criatividade”, refere Georges Abu Jaoude, CEO da FFA Real Estate.

“O PRATEATO é um conceito voltado para as necessidades dos habitantes da cidade que procuram novas soluções de habitação e que privilegiam conceitos inovadores e criativos, pensados para servir o seu estilo de vida e dia-a-dia urbano”, acrescenta o responsável.

Bruna Serralheiro, arquitecta responsável pelo projeto e CEO & Founder da TEK STUDIO, explica que “Cada tipologia, T0, T1 e T2, oferece um espaço muito funcional e modular que respeita as necessidades diárias dos moradores, graças ao seu design inovador e inteligente. Temos seis tipologias de lofts – Green, Hybrid, Terraces, Villas, Life e Classic – alguns com jardins privativos e amplos terraços para promover o contacto direto com os espaços verdes que se fundem com o interior da habitação através das janelas de pé-direito total”.

PRATEATO oferece coberturas inclinadas e pés-direitos altos, com interiores abertos e flexíveis, repletos de luz natural e uma atmosfera de calma e paz. A opção do betão à vista e de texturas naturais permitirá abraçar o conceito de loft e reforça o cunho industrial que deu origem ao layout de todo o condomínio e da sua arquitectura.