S de Saboroso e simplicidade

Sexta-feira à noite e fomos conhecer o novo espaço da conhecida chef Ilda Vinagre que abriu na Rua de São Felipe de Neri ao rato. Foi uma enorme surpresa porque tivemos uma refeição de extrema qualidade e sabor, sendo o nome do restaurante S, tem mesmo uma grande relação com o saboroso da refeição que experimentamos.

Entradas simples mas deliciosas, que abriram portas para dois pratos estupendos, Bacalhau à S e um arroz de pato à brasileira. O Bacalhau tem a particularidade de ser panado acompanhado de batatas em lâminas finas e legumes desidratados, tudo com um sabor de cozinha caseira. O arroz de pato chamou-nos à atenção por ter o título de “à brasileira”, e surpreendeu-nos por ser óptimo e por ser “malandrinho”, ou seja, o mesmo sabor mas não tão seco como os nossos pratos habituais.

Bacalhau à S

 

arroz de pato à brasileira

Por fim, as sobremesas mostraram a sua raça, com uma mousse extremamente deliciosa, sericaia com conserva de morango e um bolo de chocolate que se desfazia na boca.

Antes de terminar a refeição falámos um pouco com a chef que com uma experiência enorme mostrou-se uma pessoa afável e simples. No menu, encontramos a receita que sempre carregou por todos os lugares do mundo, “Um resgate das melhores tradições portuguesas e da minha própria saudade”. A autora do livro “Saudade tem gosto” explica que: “A memória é um ingrediente fundamental para quem vive à frente das panelas.  Por isso, sempre digo que a saudade tem gosto; e que tem cheiro também! Levei sempre memórias para todos os lugares no mundo onde cozinhei.

Tenho a sensação de que nunca saí da cozinha”, conta Ilda, que se apaixonou por esta arte no colo de sua mãe, e que aos 11 anos já era ajudante de cozinha numa pensão em Lisboa.

A sua rota começou a ganhar destaque com “A Bolota”, um restaurante que conquistou o país e levou um canto tradicional às bocas do mundo, quando  premiado com duas estrelas no guia Michelin. Aventurou-se depois como Chefe de Cozinha na Herdade do Esporão. Depois, conquistou o Brasil com os afamados Bela Sintra e Chiado, dois dos espaços mais conceituados no Brasil. Mas o seu trabalho sempre teve uma bússula a pender para Portugal. E ei-la de novo, e ao lado Carlos Bettencourt, proprietário dos espaços paulistas Bela Sintra e Chiado, neste novo projecto.