Encontro de culturas

Além do tentador encontro entre a Argentina e Portugal no prato, que é já a assinatura do Volver, o restaurante reúne-se à mesa com as histórias de todos os brindes do verão com uma nova carta de cocktails. A provar que há encontros fadados ao sucesso, as propostas do Volver prometem dar-lhe a saborear o mundo num só trago e aguentar as altas temperaturas nacionais, com a dose certa de ‘pasión’.

Como o próprio bairro que acolhe o famoso ‘Boca Juniors’ e o ‘El Caminito’, cheio de tango, de cor, de tradição, mas também considerado o mais perigoso de Buenos Aires, assim é o LA BOCA, um cocktail cheio de raça e um ‘perigo’ para quem o bebe. O equilíbrio perfeito da vodka une-se à mistura subtil, mas ‘caliente’, de Aperol, uma bebida que tem como ingredientes principais ervas e raízes, e que se finaliza com o equilíbrio perfeito entre limão e manjericão.

Outro dos destaques na carta é o CONO SUR, uma mistura de ingredientes da América do Sul e, claro, nacionais.  O cocktail cujo nome é igual ao da grande península do continente americano, tem na sua base a também grandiosa Tequilla ‘Jose Cuervo Reposado’, e une o sumo de aipo ao xarope de Mate, uma erva típica do Sul da América. Por sua vez, estes ingredientes irão aromatizar o xarope de açúcar que se cumpre num toque de acidez cítrica, a cargo do limão.

Não há Verão sem ‘Sangria’ e o CLÉRICO é-o numa versão cocktail. A ‘NOSSA’ SANGRIA ARGENTINA, como Sofia Batardo, responsável pela carta de cocktails, a descreve, por ser uma receita original do espaço, promete refrescar na medida certa. “O nome deriva do ‘Clericot’, uma bebida de origem francesa que é consumida em vários países da América latina.

Na Argentina, fazem-na essencialmente com vinho branco e é uma das eleitas no Natal e na Passagem de Ano, pelo que porque não trazê-la em pleno Verão para o outro lado do Atlântico e para os dias mais quentes de Lisboa?”, explica Sofia Batardo. Ao vinho branco ‘Torrontés’, juntam-se os sabores do ‘pomelo’ muito típico na Argentina, mais conhecido por cá como toranja, e da lima, finalizada com uma mistura de licores Volver muito especial.