Renovação da Griffehairstyle

Foi ontem, dia 28 de junho, a festa de reabertura do renovado espaço griffehairstyle. Helena Vaz Pereira e a sua super equipa celebraram com os seus fiéis clientes e amigos o regresso da griffehairstyle ao seu habitat natural, as antigas cavalariças da mítica Rua das Flores. O espaço foi alvo de uma renovação pela mão de Gracinha Viterbo.

Para celebrar estas mudanças, o site foi também reformulado, e tal como o salão tem uma nova imagem cool, descontraída e muito apelativa.

Fundada em 1993, a griffehairstyle foi e é muito mais que um simples salão de cabeleireiro tradicional. A figura da Helena Vaz Pereira e o seu percurso confundem-se com a Griffe e vice-versa, daí ser tão difícil tratar este espaço como um salão de cabeleireiro. Desde 1993 que a Griffe é a casa da Helena. E é a casa porque dentro e fora do espaço físico do salão, a Helena produz todo o tipo de trabalhos com igual empenho e entusiasmo, acompanhada por uma equipa coesa, que é mais uma família do que o mero conjunto dos melhores profissionais da área.

Quem entra na Griffe pisa com a confiança de quem sabe que os seus cabelos podem entrar trágicos, mas que irão sair divinos. O mínimo que a Griffe lhe oferece é a excelência de mais de duas décadas dedicadas a uma carreira fulgurante, construída e recheada a partir de desafios, obstáculos e experiências únicas, quer no âmbito da vida quotidiana do que é um cabeleireiro de bairro, quer nas exigências mais exóticas de todo o tipo de clientes ou marcas internacionais.

Com um vastíssimo portefólio na criação de cabelos para eventos, produções de moda, casamentos, baptizados ou apenas mudanças de visual de quem procura um perito porque um corte ou uma cor têm um impacto fortíssimo na vida de cada um dos nossos clientes, a Griffe é uma porta aberta, disponível, familiar e informal.

Nas palavras de Gracinha Viterbi: “A griffehairstyle é liderada por uma super mulher com uma equipa cheia de coolness e garra. Este espaço foi inspirado na ideia de um circo vintage com um sopro de rock e de chique porque na griffehairstyle há garra, há criatividade, de certa forma há magia. Cada membro da equipa é único e intransmissível. Eu quis recriar uma intemporalidade, que a arquitectura deste espaço me gritava para ter cada vez que eu lá entrava, mas também uma originalidade e unicidade próprios da equipa e do seu trabalho”.