Novidades na relojoaria em Lisboa

Foi numa manhã de primavera, que fomos descobrir uma marca de relojoeiros de alta precisão na Torres Joalheiros da Avenida da Liberdade.

Na apresentação onde esteve presente o CEO da marca, Antonio Calce, podemos aprender a vasta experiência e história desta casa relojoeira.

O modelo emblemático da Girard-Perregaux, é o turbilhão com três pontes de ouro. Em 1884, Constant Girard submeteu ao Escritório de Patentes dos Estados Unidos a patente do desenho do movimento “Turbilhão com três pontes de ouro.”

As três pontes foram redesenhadas com a forma de flechas e posicionadas paralelas umas às outras. O movimento já não era apenas um elemento funcional e técnico apenas, mas também tornou-se um elemento de design em todos os sentidos. Em 1889 o Turbilhão com três pontes de ouro foi premiado com uma medalha de ouro na Exposição Universal de Paris.

Em 1980, Girard-Perregaux decidiu fazer 20 peças em conformidade com o original de 1889: 1500 horas de trabalho foram necessárias para criar o primeiro. Desde então, o Turbilhão com três pontes de ouro é oferecido em diferentes versões, e é por vezes associada a outras complicações relojoeiras.

Girard-Perregaux sempre desafiou os limites da relojoaria, ao mesmo tempo que honra os ensinamentos da tradição relojoeira e apresenta um elevado grau de sofisticação nos acabamentos dos seus relógios.

Em 2016, comemoraram 225 anos de “património magnífico e inestimável e, acima de tudo, homenageamos os ofícios que foram a pedra angular da nossa Fabricação desde 1791”, disse Antonio Calce, CEO da Girard-Perregaux.

As actividades relojoeiras da Girard-Perregaux, a manufatura de relógios de luxo suíços, datam de 1791. A manufactura agrupa todos os ofícios necessários para a produção de um relógio sob um mesmo tecto, desde a criação de um calibre até aos acabamentos finais. Hoje, os seus relógios beneficiam da experiência adquirida em mais de dois séculos de pesquisa e desenvolvimento.

Assim, a Girard-Perregaux apresenta as grandes novidades de 2017, com destaque para os modelos: 1966 WW.TC, Laureato, Neo-Bridges e Planetarium Tri-Axial.

Na Girard-Perregaux, engenheiros, mestres relojoeiros e polidores trabalham juntos, em uníssono. Graças à sua atenção aos detalhes, estes relógios perfeitamente harmoniosos e com acabamentos de excelência, encorajam os amantes da alta relojoaria. Esta combinação de artes, algumas das quais já são raras, permite à Girard-Perregaux uma grande liberdade de inovação. Até à data, Girard-Perregaux detém mais de 80 patentes