Para uma moda em acção mais sustentável

Em 2017 a MANGO aposta na sustentabilidade. No ano passado, a marca espanhola lançou o projecto Take Action, que engloba todas as ações que visam a criação de um modelo de negócio online com critérios sustentáveis e processos de menor impacto ambiental.

A MANGO encontra-se agora em processo de desenvolvimento de um plano que incluirá futuras iniciativas neste âmbito. Uma dessas iniciativas é o lançamento da MANGO Committed, uma coleção para mulher e homem composta por peças fabricadas com materiais sustentáveis que reflete o compromisso da MANGO de continuar a trabalhar de forma amiga do ambiente e seguindo critérios de desenvolvimento sustentável.

A coleção-cápsula MANGO Committed será a protagonista da campanha do mês de Março e estará disponível em www.mango.com e lojas selecionadas de todo mundo a partir desse mês. Em Portugal, esta coleção estará em mais de 40 lojas a partir de 6 de Março.

A MANGO Committed inclui 25 peças de mulher e 20 peças de homem, de estilo minimal, nas quais predominam as formas inovadoras e os volumes geométricos. Os tecidos da coleção são amigos do ambiente (o algodão orgânico e reciclado, o poliéster reciclado e o Tencel®) e são tingidos com corantes de baixo impacto ambiental, numa paleta de tons neutros.

Todas as peças da coleção contam com certificados internacionais que garantem a sua procedência sustentável e estão produzidas em fábricas de periferia em Portugal, Turquia e Marrocos.

A campanha, protagonizada pelos modelos Raquel Zimmermann e Mathias Lauridsen, foi fotografada por Josh Olins e contou com a colaboração de Aleksandra Woriniecka no estilismo. O local escolhido foi a icónica Maison Gaudet, uma obra-prima da arquitetura orgânica de Antti Lovag, situada em Tourrettes-sur-Loup, Sul de França.

PROJECTO “TAKE ACTION”

A MANGO tem consciência da importância de operar seguindo critérios de respeito para com o meio ambiente e de desenvolvimento sustentáveis em todas as suas áreas de negócio. Por esse motivo, há já anos que trabalha em diferentes iniciativas que agora passam a estar englobadas dentro do projeto Take Action.

Todas as peças de pele ou pêlo da coleção da MANGO são confecionadas respeitando os direitos dos animais e em caso algum são de espécies exóticas, selvagens ou em perigo de extinção. Estas peles provêm sempre de animais destinados à cadeia alimentar humana. Além disso, 100% dos produtos da MANGO cumprem as normas químicas de segurança e saúde mais rigorosas.

A MANGO participa no Projeto Detox Greenpeace cujo objetivo é a análise de águas dos processos húmidos da cadeia de fornecimento, para avançar para a eliminação de substâncias nocivas.

A MANGO está a desenvolver também uma ferramenta interna para calcular a pegada hídrica da empresa e para identificar os processos e instalações com maior potencial de poupança de água, o que permitirá reduzir o seu consumo.

Em finais de 2015, a MANGO começou um projeto de recolha de roupa e calçado usados, em lojas selecionadas, com que já recolheu uma tonelada de peças. Esta ação permite reciclar 100% da roupa e calçado recolhidos através da organização Koopera.

Todos os anos, a MANGO neutraliza as emissões de CO2 associadas aos seus escritórios e ao transporte dos seus empregados através de projetos de compensação de emissões próximos às zonas de influência da MANGO.

As novas instalações do centro logístico de última geração da MANGO, em Lliçà d’Amunt, e as lojas desenhadas sob o novo conceito “The Line”, lançado em 2016, incorporam critérios de ecoeficiência para reduzir o impacto ambiental e incluem sistemas otimizados de climatização e iluminação (baseados em LED de última tecnologia), entre outras características.