Beja na Rua

De 24 de junho a 16 de julho, Beja é sinónimo de criatividade.
Perspectivando o centro histórico da cidade como palco de excelência para a promoção artística, o Beja na Rua apresenta-se como um festival multidisciplinar de artes na rua, onde a música, a arte urbana, as artes plásticas, o teatro, a dança, a poesia e o cante estão em destaque.

BejanaRua2016

Da Praça da República às Portas de Mértola, Beja transforma-se numa enorme sala de espetáculos e manifestações artísticas ao ar livre, palco de auditórios e galerias improvisadas onde tudo acontece, desde performances a exposições, de animação
de rua a concertos e spoken word. A cidade serve de montra a criadores locais e a convidados e a cultura local funde-se com o que de melhor se faz ao nível nacional e internacional, juntando universos e estéticas artísticas diferentes, potenciando projectos de fusão.

De pequena dimensão, é admirável, em Beja, o número de artistas e projectos que centram o seu trabalho na produção artística e apresentam ideias e iniciativas inovadoras. Esta dinâmica social favorece o surgimento de propostas únicas
e mostra um grande potencial para a realização de iniciativas de maior dimensão como esta.

A recente classificação do cante como património imaterial da humanidade pela UNESCO e a diversidade musical existente no concelho, obriga a uma atenção especial neste domínio com o intuito de celebrar os artistas do concelho e abrindo
as portas a artistas de dentro e fora do país, promovendo o trabalho conjunto. Fala-se de música em virtude da distinção recentemente obtida pelo cante, mas o mesmo se pretende no universo das artes plásticas, e em especial no da arte urbana, assim como em todas as outras artes presentes no festival.

O Beja na Rua é, acima de tudo, uma celebração: a celebração das artes na rua. Tudo está em aberto, com a certeza que a criatividade e o envolvimento dos criadores locais são os aspectos centrais da iniciativa e que as nossas artes e tradições estão na rua. Para todos.