16ª Festa do Cinema Francês

 

A PEUGEOT Portugal volta a associar a sua imagem ao cinema do país de origem da Marca, patrocinando a 16ª Festa do Cinema Francês, cuja organização é tripartida entre a Embaixada de França, o Institut Français du Portugal e a Alliance Française. Com um passado de década e meia de crescimento mediático, bem como de dimensão e qualidade das obras cinematográficas apresentadas, a edição deste ano irá decorrer de 8 de outubro a 29 de novembro em 18 cidades portuguesas.

60 filmes em língua francesa, dos quais 41 antestreias e sete estreias mundiais, ao longo de 177 sessões irão apresentar-se ao público português, no âmbito da 16ª Festa do Cinema Francês, que decorrerá já a partir da próxima 5ª Feira (dia 8), até ao último Domingo de novembro (dia 29). À espera dos fãs e demais seguidores do cinema francófono estará uma vasta programação que se divide por 18 cidades portuguesas, de norte a sul do continente.

«Trata-se de um evento cultural de enorme expressão, ou não estivesse o cinema francês, assente num grande historial e dado um enorme salto qualitativo ao longo dos tempos. É, por isso, natural esta associação a que PEUGEOT Portugal dá continuidade, numa clara ligação às suas raízes e também na senda de outras acções culturais a que a Marca se tem associado ou organizado», refere Vitor Martins, Director de Marketing da Peugeot Portugal.

Aproveitando o aproximar do lançamento do PEUGEOT 308 GTi by PEUGEOT Sport, a PEUGEOT Portugal vai apresentar este novo modelo, em antestreia, ao público na inauguração da Festa do Cinema Francês, no dia 8 de Outubro, diante do cinema São Jorge, em Lisboa.

Almada, Aveiro, Beja, Braga, Caldas da Rainha, Coimbra, Évora, Faro, Guimarães, Leiria, Lisboa, Portimão, Porto, Santarém, São Pedro do Sul, Seixal, Setúbal e Viana do Castelo. São estas as 18 cidades onde vão ser exibidas as mais recentes e algumas mais antigas produções de cinema francês, numa mostra de enorme diversidade e originalidade, da comédia ao drama, passando pelos conteúdos policiais, de documentários, animação, etc).

Integram o cartaz desta 16ª Festa do Cinema Francês nada menos do que 60 filmes, num total de 177 projecções, neles integrando-se 41 antestreias (sendo 7 delas mundiais) e 15 primeiros filmes. Tudo isto a exibir em salas de cinema de renome, em ambientes universitários e escolares e ainda em espaços da cadeia FNAC, uma das dezenas de entidades que deram o seu aval a esta mostra cinematográfica.

Este extenso programa será apadrinhado por Jean-Jacques Annaud, produtor, realizador e argumentista, a quem se dedicará, no Cinema S. Jorge (Lisboa), um ciclo de 6 filmes. O programa contempla, também, uma retrospectiva da carreira de Jacques Doillon, outro monstro da 7ª Arte francesa, de quem serão exibidas oito películas na Cinemateca Portuguesa, entre os dias 10 e 17 outubro.

Numa clara mostra da importância que este evento já tomou ao longo da última década e meia, surgem, como convidados especiais, nomes como Baya Kamsi (argumentista, realizadora, produtora e actriz), Agnès Jaoui (argumentista, realizadora, actriz e cantora), Laurent Larivière (realizador e argumentista), Clovis Cornillac (actor e realizador) ou Diastème, conhecido como o homem dos sete instrumentos, tendo já feito de tudo um pouco na 7ª Arte.

Com o objectivo de educar e construir o público do futuro, o programa contempla 40 sessões escolares no conjunto das 18 cidades.

Catorze filmes concorrem ao «Prémio do Público» e a 16ª edição deste festival de cinema francês integra ainda 10 metragens na categoria «Universo da Animação»

Todas as informações desta 16ª festa do Cinema Francês podem ser obtidas no portal festadocinemafrances.com/16a/