Crónicas de uma viagem ao Douro – 1

Viajar é olhar ou observar segundo Sophia de Mello Breyner e resultado da nossa visita ao Douro temos algumas crónicas sobre a viagem, hotel e experiências.

Depois da habitual confusão de fazer a mala embora ajudado pelo modelo Lite Sphere da samsonite, partimos de Lisboa em direcção ao Norte a bordo de um carro Citroen. Uma das viagens mais seguras e confortáveis nas estradas portuguesas.

Chegamos ao The Vintage House Douro da cadeia NAU, depois de uma viagem cheia das imagens fortes do Norte de Portugal, a horas de almoçar.

O hotel à beira do rio Douro é um oásis do bom serviço, comodidade e acolhimento. Situado no Pinhão, em plena Região do Douro, classificada como Património Mundial da Humanidade e a primeira região demarcada de vinho do Mundo.
Adaptado de uma antiga adega, o The Vintage House Douro é um cinco estrelas, muito confortável, típico das quintas tradicionais do Douro. Todo o Hotel é algo de familiar, cozy e um mundo fora do mundo do quotidiano.
Com 36 quartos, 5 suites e 2 suites de luxo, todos com varanda e vista para o rio e para os socalcos das vinhas, o The Vintage House Douro tem uma localização única, entre o rio e a estação de comboios do Pinhão – paragem obrigatória da famosa linha
ferroviária do Douro. Para além de carro ou de comboio, os hóspedes podem chegar de barco e atracar no cais em frente ao hotel.
No Salão dos Ingleses, na sala de jogos do hotel, podemos usufruir de um jogo de bilhar ou uma partida de bridge. No bar Library, a lareira e o piano são os parceiros ideais para degustar um copo de vinho do Porto.

Ao longo do ano, a Wine Academy dispõe de vários workshops e provas de vinho, onde encontrará outros produtos típicos desta
rica região (Disso falaremos na próxima cronica).
Os hóspedes do The Vintage House Douro têm ainda acesso a um agradável jardim, piscina exterior e um court de ténis, podendo navegar pelo rio num barco Rabelo, ou à vela, tendo como fundo a bela paisagem vinhateira. Ter a sensação de conhecimento,
de descoberta, de admiração e orgulho pelo passado, são algumas das muitas sensações que os clientes poderão sentir.


O restaurante do hotel, o galardoado Rabelo é um dos mais afamados do Douro e é paragem obrigatória para quem visita o Pinhão, oferecendo uma excelente harmonização de pratos e vinhos da região preparados ao estilo gastronómico da cozinha regional de fusão. E conseguiu maravilhar o nosso paladar com pratos de grande qualidade e apresentação deliciosa.

Na próxima crónica falaremos da viagem de barco e da experiência de vinhos do Porto com chocolate; promete!!!