5 resoluções de Ano Novo

NYE2015Ano novo vida nova, ouve-se dizer sobre cada ano que começa. E, de facto, um calendário novo aberto para uma vida nova pode trazer muitas possibilidades a cada um de nós. Mesmo assim, devemos preparar-nos para tal e traçar resoluções de ano novo que se reúnam em três P’s; pouco, possível e prático. Quando as resoluções são desmesuradas só causam um sentimento, desilusão.

1- Investir em boas peças de vestuário é uma aposta de futuro. Comprar roupa ou calçado de qualidade e de bons materiais não é gastar dinheiro mas sim investir numa relação duradoura. Cada vez mais devemos encarar que em situações de crise devemos procurar peças de qualidade e de grande durabilidade. Uma pessoa mostra-se pelo esmero com que se apresenta e pelas apostas de compra.

2- Dar atenção à nossa condição física, começando o ano com um check up ou uma visita ao médico de família para que acompanhe a nossa situação de saúde. Mente sã em corpo são é uma máxima antiga e que não perde validade. Se possível não perder oportunidade de exercer alguma actividade física adequada à nossa idade e condição física.

3- Estar atento a quem é nosso próximo, isto sem grandes exageros mas discretamente. “Que não saiba a tua mão direita o que faz a tua mão esquerda”. O nosso próximo pode ser vizinho, familiar, colega etc que precisa tal como nós de uma palavra amiga ou de um sorriso.

4- Não descurar o cuidado pessoal nos mais pequenos pormenores. Um cabelo bem cortado, uma barba cuidada juntamente com uma preocupação com produtos de higiene ou beleza são alguns pontos essenciais. Encontrar produtos que nos ajudem a cuidar da pele facial e corporal mantendo-a saudável e limpa. Estes são pontos importantes para o nosso aspecto de cada dia.

5- Fomentar uma consciência mais “ética”  e ecológica nas compras que fizermos. Dentro do possível encontrar peças em materiais orgânicos ou que não sejam prejudiciais ao ambiente. Muitas marcas começam a lançar colecções ou peças especiais já a pensar no menor impacto no meio ambiente. Fazer opções na altura de comprar pode passar por perceber onde foi produzido o artigo e em que condições. Isto desenvolve uma consciência social da parte do próprio comprador.

Ler mais, ouvir mais música, ir ao teatro ou cinema podem ser outros objectivos mais práticos e que permitem que a nossa mente se exercite e não esteja parada.

Por fim, retomar os nossos objectivos de vida profissional, afectiva ou familiar que podem ser sempre equilibrados e envolvidos na consciência de que a vida é uma eterna tentativa sem certezas de que possamos alcançar tudo mas que tentando se faz caminho.

Bom 2015