Pulp Fashion lança curso de Jornalismo de Moda

CARTAZ_JORNALISMO_DE_MODA

As inscrições para este curso estão a terminar, por isso vale a pena estar atento para não perder esta oportunidade.

Pulp Fashion inova ao oferecer uma formação dirigida a quem pretenda seguir uma carreira enquanto jornalista de moda ou que, trabalhando noutro ramo da área, veja no desenvolver das técnicas de escrita uma mais-valia.

Sob a orientação da jornalista Ana Brasil, a formação terá uma forte componente prática e contará com vários oradores convidados, oriundos de diferentes ramos da moda. O objectivo é dotar as alunas das técnicas de escrita jornalística fundamentais para escrever sobre moda em diferentes plataformas, do site à revista especializada, da entrevista à reportagem.

De 18 de Fevereiro a 17 de Abril, as aulas terão a duração de três horas e serão dadas em período pós-laboral, duas vezes por semana.

As vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas através do preenchimento de um formulário no site da Pulp Fashion Productions. Mais informações em www.pulpfashion.pt

Sobre a Pulp Fashion

A Pulp Fashion, propriedade de Xana Guerra e Susana Marques Pinto, disponibiliza desde 2009 formação a futuros profissionais da área da moda através de cursos e workshops.

A Pulp Fashion prepara todos os seus alunos para ingressar no mercado de trabalho, munidos das ferramentas necessárias a um excelente desempenho. Proporciona ainda a possibilidade de estágios pontuais na área da moda.

Sobre a formadora

Ana Brasil é licenciada em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social (ESCS) e detém uma experiência rica e diverdificada. Tendo feito a bolsa Schuman para Jornalistas no Parlamento Europeu, trabalhou em rádio dentro e fora de Portugal e, enquanto freelance, vendeu ainda reportagens para jornais e revistas de referência. Desde 2011 que é editora do PÚBLICO Life&Style, um site de actualidade dedicado a Moda, Beleza e Bem-estar entre outros temas. No universo da moda já entrevistou estrelas internacionais tão distintas como as modelos Kate Moss e Karolina Kurkova ou Stanislas de Quercize, o CEO da Cartier.