2 solos de vera mantero no CCB

o_que_podemos_dizer_do_pierreO que podemos dizer do Pierre?
Os serrenhos do Caldeirão, exercícios em antropologia ficcional

6 e 7 Dez 2013 – 21:00

Pequeno Auditório
M/3 Preços Plateia 13,5€ Laterais 11€

Neste programa são apresentados dois solos de Vera Mantero, O que podemos dizer do Pierre (2011) e Os Serrenhos do Caldeirão, exercícios em antropologia ficcional (2012).

“O primeiro é uma pequena improvisação ao som da voz de Gilles Deleuze dando uma aula sobre Espinoza e o seu conceito dos três tipos de conhecimento possíveis ao ser humano. Esta proposta apresenta-se na linha de vários outros trabalhos que tenho feito, em que proponho multiplicidades que põem em interacção filosofia e intuição, verbal e não-verbal, racional e irracional.

O segundo é um trabalho que foi elaborado no ano passado, no âmbito do Festival Encontros do Devir, da DeVIR, em torno da desertificação/deshumanização da Serra do Caldeirão, no Algarve. Uma das condições propostas por esta encomenda era utilizar imagens vídeo, feitas por mim, que teria que ir filmar à Serra. Filmei sim, e usei sim, mas também recorri muito ao trabalho em filme do Michel Giacometti. O todo acaba por ser um olhar sobre a sua preciosa recolha e sobre práticas de vida tradicionais e rurais em geral.”

Vera Mantero